Visitas em grupo

Por que visitar?

     Visitar o Parque Burle Marx é mais do que um simples passeio, é uma experiência única que convida seus usuários a explorarem os cinco sentidos do corpo. Ao longo dos seus espaços é possível, por exemplo, percorrer pelos caminhos envoltos de espécies nativas da mata atlântica surpreendendo-se com sua diversidade de cores e formas; descobrir novos aromas e sabores das diferentes árvores frutíferas do parque, como jabuticabeiras, pitangueiras, abacateiros, dentre outras; vivenciar a beleza do paisagismo exuberante de Roberto Burle Marx por meio dos seus jardins, painéis, espelhos d’água, gramado xadrez e pergolado; caminhar pelas trilhas em meio à sombra da mata fechada e ao redor dos lagos; se exercitar e praticar atividades físicas ao ar livre no gramado central; cultivar e adquirir alimentos orgânicos produzidos na horta; respirar o ar mais puro e úmido da floresta; apreciar espécies de animais silvestres, como aves, répteis e mamíferos presentes; visitar a Casa de Taipa de Pilão, patrimônio histórico bandeirista que se insere na produção arquitetônica colonial paulista; entre outras atividades que sua área oferece.


Como agendar?

     Escolas, universidades, grupos de trabalho, instituições públicas ou privadas e grupos de turismo, dentre outros que tenham o interesse em visitar o Parque Burle Marx, devem agendar uma data previamente junto à Administração. Para isso, siga os passos abaixo:

  • Faça o download do Termo de Compromisso (clicando no botão ao lado) e preencha-o corretamente
  • Envie o Termo preenchido para contatoburlemarx@fab.org.br


Visita autoguiada

Como fazer?

O Parque agora conta com uma visita autoguiada, disponível através do aplicativo Geotourist. Basta baixar o aplicativo para iOS ou Android e iniciar a visita pelo o Portão 2 (ao lado do quiosque de coco) seguindo os números indicados no caminho pelas placas.

 
logo geotourist.png