Criada em 1995, a Fundação Aron Birmann tem como objetivo a busca de soluções para os diversos problemas ambientais enfrentados pelos grandes centros urbanos. Caracterizada como uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e também uma entidade sem fins lucrativos, ela é o órgão responsável pela administração do Parque Burle Marx, por meio de um convênio firmado com a prefeitura do município de São Paulo (SP). Este modelo de parceria público-privado (PPP) é uma atividade inovadora no Brasil que tem apresentado resultados positivos tanto para o setor público, isentando os cofres públicos de despesas, quanto para a sociedade civil, atendendo as necessidades das pessoas de maneira mais prática e permitindo sua participação ativa na gestão do espaço.